Coleção “Grandes escritores portugueses” é lançada no Brasil

Da Redação

21/06/2016 20:22
A editora lusa Tinta da China iniciou uma nova série literária para o mercado brasileiro com obras de três autores: Agustina Bessa-Luís, Herberto Helder e Antero de Quental.
,
A escritora Agustina Bessa-Luís.

Rio de Janeiro – A editora portuguesa Tinta da China lançou esta terça-feira, em cerimónia no Rio de Janeiro, a nova coleção “Grandes escritores portugueses”. A iniciativa, patrocinada pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, foi apresentada no Palácio de São Clemente.

A coleção da Tinta da China começa com três obras: “Breviário do Brasil” (Agustina Bessa-Luís), “Os passos em volta” (Herberto Helder) e “Causas da decadência dos povos peninsulares” (Antero de Quental).

Para o lançamento foi convidado o escritor e crítico literário português Pedro Mexia.

A Tinta da China é uma das principais editoras portuguesas de livros, tendo nos últimos anos, à semelhança de outras casas editoriais, selecionado o Brasil como um novo mercado de atuação. Esse movimento editorial português tem visado não só a publicação de autores portugueses no Brasil mas também a edição em Portugal de obras de escritores brasileiros.

Criada em 2005, e dirigida por Bárbara Bulhosa, a Tinta da China está presente no Brasil desde o ano 2012, com escritório no Rio de Janeiro.

Fonte – Portugal Digital 

 

Satélite de alta resolução será usado na segurança dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Da Redação, com agência

21/06/2016 08:00
O Brasil terá o apoio de um satélite de alta resolução para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Brasília – O Brasil terá o apoio de um satélite de alta resolução para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito no último fim de semana pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Segundo o ministro, o satélite possibilitará fiscalizações bastante detalhadas da cidade durante os eventos esportivos.

“Trata-se de um satélite israelense de baixa altitude, com capacidade de definição em até 50 centímetros em um espaço de 450 quilòmetros. O satélite é capaz de visualizar e identificar objetos, pessoas, carros, mercadorias”, explicou Jungmann.

O equipamento será usado de forma experimental por seis meses, como complemento da segurança e. futuramente, servirá de apoio na fiscalização fronteiriça, acrescentou o ministro.

Forças Armadas nos Jogos

As Forças Armadas vão designar 38 mil militares para cuidar da segurança dos Jogos Olímpicos do Rio, de 5 a 21 de agosto deste ano. Desse total, 20 mil atuarão na cidade-sede e o restante do efetivo será distribuído entre mais cinco cidades que receberão partidas de futebol masculino e feminino: Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Salvador e São Paulo.

A previsão era empregar o efetivo na segurança de fronteiras, instalações dos eventos e escolta de autoridades, deixando o patrulhamento da cidade a cargo das polícias locais.

No entanto, o governador interino do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, pediu ao presidente interino Michel Temer que as Forças Armadas também atuem no no policiamento ostensivonas linhas Vermelha e Amarela, na Avenida Brasil e no Aeroporto Internacional Tom Jobim. +

Fonte  –  Portugal Digital com  Agência Brasil

Vagas no Fies já podem ser consultadas

Da Redação, com agência
21/06/2016 16:30
Os interessados em financiar o curso de ensino superior pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderão consultar, a partir de hoje (21), no site do programa, as vagas disponíveis.

Brasília – Os interessados em financiar o curso de ensino superior pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderão consultar, a partir de hoje (21), no site do programa, as vagas disponíveis. As inscrições deverão ser feitas de 24 a 29 de junho, também pelo portal. Serão oferecidos 75 mil financiamentos

Para participar da seleção, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido 450 pontos na média das provas, além de ter tirado nota maior que 0 na redação. Os candidatos precisam ainda ter renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos, o que equivale a R$ 2.640.

Os estudantes podem se inscrever apenas para um curso. A opção pode ser alterada até o fim do prazo de inscrição. Uma vez por dia, o Ministério da Educação (MEC) divulga a nota de corte de cada curso, que é a estimativa da nota mínima para ser aprovado com base nas inscrições feitas até o momento. A nota de corte não é calculada em tempo real e não garante a vaga ao estudante.

O resultado será divulgado no próximo dia 30. Aqueles que não forem selecionados serão automaticamente inscritos em lista de espera. As vagas que não forem ocupadas pelos estudantes pré-selecionados serão ofertadas à lista de espera de 4 de julho a 10 de agosto.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, 2,1 milhões de estudantes participam do programa.

Fonte – Portugal Digital com Agencia

Tite quer levar Brasil à Copa da Rússia


21/06/2016 12:00
Admirador da Seleção Brasileira que brilhou no México, em 1970, e na Espanha, em 1982, Tite abriu o jogo na sua primeira entrevista como técnico que tentará levar o Brasil à Copa de 2018, na Rússia. “Quero o melhor do futebol”.
Tite com missão Rússia

Rio de Janeiro – Admirador da Seleção Brasileira que brilhou no México, em 1970, e na Espanha, em 1982, Tite abriu o jogo na sua primeira entrevista como técnico que tentará levar o Brasil à Copa de 2018, na Rússia. “Quero o melhor do futebol”. Ele quer ver a Seleção com a cara do Brasil. O novo treinador, que trocou o Corinthians pelo selecionado, afirmou que ainda é precipitado falar como será desenvolvido o seu trabalho, mas admitiu que pode aproveitar parte do que fez o seu antecessor, Dunga, que deixou o cargo criticado pela grande maioria dos brasileiros, após a eliminação precoce do Brasil da Copa América.

Gaúcho de Caxias do Sul, 55 anos de idade, Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, assinou contrato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e admitiu que, como não terá possibilidade de treinar o elenco como gostaria, pretende ouvir técnicos dos clubes para receber informações sobre o desempenho de jogadores em treinos e partidas oficiais ou amistosas.

Para ele, os encontros com os treinadores dos clubes podem facilitar o conhecimento das preferências dos jogadores em campo para que rendam mais. “Um pedido que eu faço é que os clubes me proporcionem um dia de treinamento e conversas com os treinadores brasileiros para que também me deem condições de conhecer o dia a dia e ouvir deles aquilo que é a característica de seus atletas que possam estar na Seleção”, afirmou. “Esse é o desafio.”

O convite da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para assumir a função chegou como um turbilhão, porque Tite não planejou ser técnico do time principal. Destacou que só fechou o contrato com a CBF depois de acertar o seu desligamento do Corinthians, e apontou os critérios que usou para aceitar o trabalho. “Autonomia  na busca da excelência, na busca de transparência, do melhor do futebol. É isso que eu sei fazer, é essa contribuição que eu posso dar. É o campo, é a análise de desempenho. É eu me reorganizar como técnico, porque a Seleção Brasileira é uma situação diferente dos clubes.”

Situação de emergência

O treinador admitiu que assume o comando do time principal em uma situação de emergência, com o Brasil em sexto lugar na tabela de classificação das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. “O ideal é o início de um trabalho, mas o ideal não acontece. As circunstâncias  elas acabam acontecendo. Fiquei sentado em uma poltrona em 2014 e criei essa expectativa. Não foi porque a vida é assim. Ela tem seu próprio tempo. Tem o timing das coisas acontecerem. Ela [a oportunidade] veio agora”.

Para Tite, o foco para a recuperação do respeito à Seleção Brasileira é passar pelas eliminatórias para a Copa de 2018. Ele reconhece que o momento é difícil, porque o Brasil está fora da zona de classificação e corre risco de não ir ao Mundial. O treinador, no entanto, está confiante no trabalho a ser feito. “É o fato real. Há risco, mas há toda uma qualidade de um trabalho e agora eu quero me integrar para que a gente busque essa classificação”.

Durante a entrevista, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o novo técnico do selecionado foi questionado se não se sentia constrangido em aceitar o cargo porque, em dezembro do ano passado, foi uma das 130 personalidades de diversos setores do país que assinaram manifesto que pedia modificações na estrutura da CBF, eleições diretas e a renúncia do presidente da entidade, Marco Polo Del Nero.

Tite informou que respeita as posições contrárias, mas contou que o convite recebido foi para ser técnico da Seleção e é dessa forma que entende ser a melhor maneira para contribuir com a sua experiência em parâmetros como transparência,  democratização, excelência e modernidade. “É a forma que eu penso. É a forma que eu trago para o futebol”.  “Não compete a mim julgar as áreas políticas”.

O novo comandante adiantou que não quer ter uma Seleção com a cara dele, mas com a cara do Brasil e dos jogadores que estiverem dentro do campo. Admitiu que ainda não tem uma situação definida quanto a jogadores como o goleiro Jeferson (Botafogo), o zagueiro Thiago Silva (Paris Saint-Germain) e o lateral Marcelo (Real Madri), que não eram mais convocados por Dunga, mas acenou com a possibilidade de retorno.

Neymar

O técnico evitou comentar o comportamento do atacante Neymar, um pouco nervoso e de celebridade fora dos campos. “A partir deste momento, começo a interagir.  Não adianta eu dizer que vai ser assim. Uma coisa que acredito é que o lado humano potencializa o lado profissional. Quando estava vindo para cá, pensei: A perna está balançando, é a expectativa. O que eu posso assegurar é que todos, inclusive o Neymar, todos querem o bem da seleção. Compete a nós buscar este caminho.”

Sobre quem será o capitão do escrete canarinho, posto que estava com Neymar, Tite demonstrou simpatia pela troca frequente de nomes. “A gente pode divergir de ideias. É da vida e isso não quer dizer que a gente seja um contra o outro. Todos têm uma responsabilidade na performance do grupo. Todos vencem. Esta é a grande marca de uma equipe de futebol e a mudança de capitania traz isso”, disse.

Nesta terça-feira (21), Tite vai aos Estados Unidos, onde assistirá ao jogo da semifinal da Copa América: Chile x Colômbia. Os colombianos enfrentarão o Brasil, em setembro, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Ver as partidas dos adversários do Brasil agora será uma constante. “Estava vindo do aeroporto e um cara falou: “Tite, agora são duzentos e tantos milhões [de torcedores]. Sei essa dimensão, mas tenho a noção exata também de que construí uma carreira toda”, afirmou.

Qualidade técnica

Para o treinador, a geração atual tem grandes jogadores de qualidade técnica individual e com potencial de crescimento e é isso que pretende valorizar. “O atleta também vai ter esta capacidade de  crescimento, de evolução, de amadurecimento. É assim a vida. É assim também com essa geração, apesar de Neymar ser o astro, há jogadores com uma qualificação e com potencial de crescimento muito grande”, opinou.

Ao ser apontado, na entrevista, como o técnico da preferência da maioria dos torcedores, Tite disse que esta é uma enorme responsabilidade e que a história que pôde constatar ontem, na visita ao Museu da CBF, no Rio, fez tremer as pernas.

O técnico se emocionou ao falar da mãe, dona Yvone Bacchi, homenageada, com a entrega pelo presidente da CBF, Marco Pólo Del Nero, de uma camisa da Seleção com o nome dela. Ele revelou como contou a novidade à dona Yvone. “Falei hoje de manhã: mãe, teu filho é técnico da Seleção Brasileira. Ela começou a chorar e me deu a bênção”, revelou.

Tite disse que – na visita ao Museu da Seleção – reforçou as lembranças da Seleção Brasileira de 70 (tricampeã no México) e de 82 (eliminada pela Itália).  Em 1970, o treinador tinha 8 anos e ouviu pelo rádio o gol de Clodoaldo depois de passe de Tostão. “Eu sai pulando e vibrando, feliz da vida. Ou lembrar da Copa de 82 que me marcou também pela beleza [técnica] de Falcão, Sócrates, Zico e Cerezo. Quanta criatividade, quanta beleza”, finalizou.

Fonte –  Portugal Digital com Agencia Brasil

OMS reafirma recomendações para viagens ao Brasil

Da Redação, com agência
21/06/2016 15:00
A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um novo aviso para viajantes, alertando para riscos sanitários e de segurança no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Genebra – A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, terça-feira (21), um novo aviso para viajantes, alertando para riscos sanitários e de segurança no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

A OMS alerta para as doenças provocadas por mosquitos como a dengue, chikungunya e o víruis zika. Para evitar a infecção pelo Zika, a organização recomenda o uso de repelentes e preservativos. A OMS reafirma no aviso que  grávidas não devem viajar para o Brasil.

Entre as recomendações da entidade, devido ao elevado índice de violência no país e em especial no Rio de Janeiro, estão ter cuidado, não viajar sozinho à noite, evitar áreas perigosas, viajar sempre acompanhado e usar apenas táxis e ônibus autorizados no aeroporto.

Outros riscos para os viajantes, segundo a OMS, são os acidentes de trânsito e as chuvas fortes, que podem provocar vítimas

.Fonte- Portugal Digital   com agência

SSCP   CAS-002   9L0-066   350-050   642-999   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   350-080   210-260   70-246   1Z0-144   3002   AWS-SYSOPS   70-347   PEGACPBA71V1   220-901   70-534   LX0-104   070-461   HP0-S42   1Z0-061   000-105   70-486   70-177   N10-006   500-260   640-692   70-980   CISM   VCP550   70-532   200-101   000-080   PR000041   2V0-621   70-411   352-001   70-480   70-461   ICBB   000-089   70-410   350-029   1Z0-060   2V0-620   210-065   70-463   70-483   CRISC   MB6-703   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   9L0-012   70-488   JN0-102   640-916   70-270   100-101   MB5-705   JK0-022   350-060   300-320   1z0-434   350-018   400-101   350-030   000-106   ADM-201   300-135   300-208   EX200   PMP   NSE4   1Z0-051   c2010-657   C_TFIN52_66   300-115   70-417   9A0-385   70-243   300-075   70-487   NS0-157   MB2-707   70-533   CAP   OG0-093   M70-101   300-070   102-400   JN0-360   SY0-401   000-017   300-206   CCA-500   70-412   2V0-621D   70-178   810-403   70-462   OG0-091   1V0-601   200-355   000-104   700-501   70-346   CISSP   300-101   1Y0-201   200-125  , 200-125  , 100-105  , 100-105  , 220-902   ICBB  , c2010-652   70-462   OG0-093   640-916  , M70-101   200-101  , 300-075   LX0-103   CRISC   640-916   300-115   300-209   1Z0-061   9A0-385   000-106   1Z0-060  , 220-801   100-101   1Z0-803   300-206   ICBB  , 9A0-385   1z0-434   000-080   70-413   700-501   74-678   100-105  , 000-017   640-911   000-089   CRISC  , 350-030  , 000-089  , 642-999   400-051   PR000041  , 300-101   200-310   HP0-S42   JK0-022   210-065   EX300   EX200   9L0-012   c2010-657   70-534   VCP550  , MB5-705   70-480   CCA-500   1Z0-144   2V0-621   70-411   220-802   640-692   2V0-621D   000-080  , PR000041   JN0-360   PEGACPBA71V1   70-413